MARIA NEBULOSA - MARIA COMPRIDA

A Maria Nebulosa foi a primeira via conquistada no Brasil com mais de 1.000 metros de extensão, ela fica na face nordeste da Maria Comprida (1.926 metros de altitude), montanha localizada na cidade de Petrópolis, no estado do Rio de Janeiro.

Saindo da cidade do Rio de Janeiro o acesso é realizado através da BR 040, subindo a serra de Petrópolis até a localidade de Secretário, na cidade de Petrópolis. Pegue a saída 52 para Secretário e siga pela BR-492 (ou RJ 123) por 7,7km, vire à esquerda na Estrada da Rocinha e siga por 9km até uma pequena clareira, já próximo a porteira, onde é possível estacionar o carro (tenha cuidado para não atrapalhar a área de manobra). Seguindo a pé vai ter uma casa a esquerda e logo depois uma bifurcação, siga pela esquerda, vai ter outra porteira, passará por uma ponte (não entre neste rio!) e logo depois haverá uma outra ponte, com gramado no lado esquerdo. Siga por esse gramado a esquerda, antes de cruzar a ponte, e suba pelo leito do rio a partir daí. Da entrada do rio até a base da via são uns 50 minutos de caminhada.
 

A via é bastante longa, são 22 enfiadas, totalizando 1.040 metros, com grau médio em torno do terceiro grau e uns quatro lances isolados de quinto. De P4 até a P14 a via fica bem fácil seguindo por costões de II e III e pode ser uma boa estratégia escalar em simultâneo para ganhar tempo. Apesar de fácil, a via possui lances muito longos e é equipada com grampos e chapeletas. Recomendável levar Camalots .5, .75 e 2. Vale ressaltar que o rapel só é possível com duas cordas de 60 metros.

Também é possível descer pela caminhada, que é bastante técnica, com trechos de cabo de aço e rapel. Porém, a caminhada segue pela face sudoeste até a localidade de Araras, sendo preciso combinar algum resgate ou deixar um segundo carro estacionado no início da trilha na véspera. 
 

Como a via segue por calhas de escoamento da montanha e a caminhada é pelo leito do Rio, é recomendável ir apenas em períodos secos. Mais informações aqui.
 

Grau de Dificuldade: 3º V D4 E4 1040 metros

Conquistadores: Alex Ribeiro (Che), Jorge Fernandes, Rafael Wojcik, e Pedro Miranda

Ano da Conquista: 2002

  Texto: Mauro Mello

Primeira porteira

Primeira porteira

Foto: Mauro Chiara

Casa após a primeira porteira

Casa após a primeira porteira

Foto: Mauro Chiara

Bifurcação

Bifurcação

Foto:Mauro Chiara

Segunda Porteira

Segunda Porteira

Foto: Mauro Mello

Primeira ponte

Primeira ponte

Foto: Mauro Chiara

Início da trilha pelo rio

Início da trilha pelo rio

Foto: Mauro Chiara

Início da trilha pelo rio

Início da trilha pelo rio

Foto: Mauro Mello

Canaleta para chegar na base

Canaleta para chegar na base

Foto: Mauro Chiara

Canaleta para chegar na base

Canaleta para chegar na base

Foto: Mauro Mello

Canaleta para chegar na base

Canaleta para chegar na base

Foto: Mauro Chiara

Chegando da base da via

Chegando da base da via

Foto: Mauro Mello Escalador: Fabio Salomão

Primeira enfiada da Maria Nebulosa

Primeira enfiada da Maria Nebulosa

Foto: Mauro Mello

Primeira enfiada da Maria Nebulosa

Primeira enfiada da Maria Nebulosa

Escalador: Mauro Chiara Foto: Bernardo Loureiro

Maria Nebulosa

Maria Nebulosa

Escalador: Mauro Chiara Foto: Bernardo Loureiro

Maria Nebulosa

Maria Nebulosa

Escalador: Mauro Chiara Foto: Bernardo Loureiro

Maria Nebulosa

Maria Nebulosa

Escalador: Mauro Chiara Foto: Bernardo Loureiro

Maria Nebulosa

Maria Nebulosa

Escalador: Mauro Chiara Foto: Bernardo Loureiro

Maria Nebulosa

Maria Nebulosa

Escalador: Mauro Chiara Foto: Bernardo Loureiro

Maria Nebulosa

Maria Nebulosa

Escalador: Mauro Chiara Foto: Bernardo Loureiro

Maria Nebulosa

Maria Nebulosa

Escalador: Mauro Chiara Foto: Bernardo Loureiro

Livro de cume da Maria Comprida

Livro de cume da Maria Comprida

Foto: Mauro Mello

Cume da Maria Comprida

Cume da Maria Comprida

Escaladores: Bernardo Loureiro e Mauro Chiara Foto: Mauro Chiara

Rapel da Maria Nebulosa

Rapel da Maria Nebulosa

Foto: Mauro Mello

Rapel da Maria Nebulosa

Rapel da Maria Nebulosa

Escalador: Bernardo Loureiro Foto: Mauro Chiara

Rapel da Maria Nebulosa

Rapel da Maria Nebulosa

Escalador: Bernardo Loureiro Foto: Mauro Chiara

Rapel da Maria Nebulosa

Rapel da Maria Nebulosa

Escalador: Bernardo Loureiro Foto: Mauro Chiara

Visual da base na volta

Visual da base na volta

Foto: Mauro Mello Escalador: Fabio Salomão

Leito de rio

Leito de rio

Foto: Fabio Salomão Escalador: Mauro Mello

ACESSO PARA MARIA NEBULOSA SAINDO DO RIO DE JANEIRO

Escalada é um esporte de risco, acidentes graves e mortes podem acontecer com escaladores experientes e inexperientes. O conteúdo desse site não garante sua segurança ou o sucesso da escalada. Caso tenha o interesse de iniciar no mundo da escalada procure um instrutor qualificado e capacitado para essa atividade de risco elevado.

© Copyright - Escaladas Clássicas - Todos os direitos reservados