CHAMINÉ DO MORCEGO - CANTAGALO

A Chaminé do Morcego é uma excelente opção para quem fez a Chaminé do Prego ou Chaminé do Funil e deseja fazer o cume do Cantagalo. Para acessar a via é preciso fazer a Chaminé do Funil e depois seguir pela esquerda através de um grande platô até a base da Chaminé do Morcego, que é compartilhada com a Arduíno Saboia Amorim.

Outra opção é fazer a Chaminé do Prego e depois caminhar pelo platô das contenções de concreto até o outro lado, onde tem um grampo e uma chapeleta, e fazer um pequeno rapel em sua borda. Depois basta seguir caminhando por uma trilha até a base da Chaminé do Morcego.

A via é bem curtinha, mas o ideal é fazer em duas enfiadas, já que existe um corredor entre os dois lances de chaminé. A primeira enfiada é um lance curto de chaminé até uma chapeleta, onde pode ser feita a P1. Na segunda enfiada é preciso caminhar até o final do corredor e depois fazer outro lance de chaminé, provavelmente o crux da via, e na sequencia seguir pelo fácil caminho de pedras até o buraco do cume, onde tem outra chapeleta para fazer a P2. 

O rapel pode ser feito por fora da via, usando duas chapeletas na borda da chaminé. Com uma corda de 60 metros é possível fazer apenas um lance de rapel até a base da via. Se tiver tempo e disposição pode fazer a Arduíno Saboia Amorim que compartilha a base com a Chaminé do Morcego. 

Grau de Dificuldade: 2 III E3 D1 60 metros

Conquistadores: Fritz Reuter, Haroldo Penna e Rudolf Dietrich

Ano da Conquista: 1931

  • Whatsapp
  • telefone
  • Contato Escaladas Clássicas
  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Escalada é um esporte de risco, acidentes graves e mortes podem acontecer com escaladores experientes e inexperientes. O conteúdo desse site não garante sua segurança ou o sucesso da escalada. Caso tenha o interesse de iniciar no mundo da escalada procure um instrutor qualificado e capacitado para essa atividade de risco elevado.

© Copyright - Escaladas Clássicas - Todos os direitos reservados